Onde se hospedar em Cancún em família

E aqui vamos enumerar alguns hotéis que consideramos incríveis para passar em família – seja com crianças pequenas, bebês e até mesmo adolescentes.

Se a ideia são hotéis com recreação: quase todos os resorts têm recreação, mas um famoso por seu entretenimento para crianças é o Crown Paradise, que tem acomodações amplas perfeitas para familias, é all inclusive, e conta com diversas atividades e programações para crianças e adolescentes pelo resort. É enorme então espaço e coisa pra fazer é o que não falta.

Para as famílias que vão passear o tempo todo e querem um local bem localizado e só para dormir: já sabemos que All inclusive e resorts de luxo não são uma opção se a sua família é composta por gente quer só quer sair em busca de aventuras e conhecer, de verdade, Cancún e região. Então indicamos muito o Aloft, é um hotel bem localizado, em um dos melhores pontos da Zona hoteleira e a estrutura dele é moderna, atendimento impecável, considerado aqueles hotéis de luxo modernos que todo mundo ama, sabe?

Apesar de não ser de frente pra praia, ele é de fácil acesso a praia publica e fica no coração da zona hoteleira e do lado do supermercado Chedraui Selecto, casas de cambio, centrinho da Coco Bongo, etc…

Se a ideia é um hotel com cozinha para poder fazer o lanche da familia: O Empório foi o eleito para o melhor hotel all inclusive, com piscina legal, ambiente legal, resort a preço de hotel simples e ainda conta com uma cozinha caso a família queira fazer um jantar ou oferecer café da manhã sem temperos diferentes para os pequenos.

Os preços de lá são excelentes, os quartos são enormes e vale conferir. E claro, está localizado na frente da Agencia Tio Nenê Tours!

Se a ideia é um hotel legal para ir com adolescentes: o Krystal Cancún é bem animado, mas na medida. É no coração da zona hoteleira, fica próximo aos restaurantes e baladas e tem uma praia bem animada, pois fica próximo ao clube de praia Mandala Beach, então dá pra ouvir a musica e curtir bastante. É um hotel com custo benefício muito bom pelo que oferecer, e nós super recomendamos.

Se a família é grande e tem todo tipo de perfil no seu grupo: nesse caso, super recomendamos o Iberostar, é um resort 5 estrelas, com uma infra estrutura de primeira e diversas atividades para adultos e crianças: ginástica, spa, área de crianças na piscina, recreação, bar de esportes, bar com música ao vivo, etc.

Ele conta com diferentes tipos de acomodações, e uma delas são as Villas de frente ao mar, na qual você tem a sua própria piscina na sacada, de frente pro mar. Os preços variam muito de acordo com temporada, mas em temporadas baixas pode ser quase o preço de um hotel moderado, mesmo considerado hotel de luxo.

Hotéis de luxo para famílias: Sem dúvidas toda a rede Hardrock Cancún é conhecida como hotéis de luxo para famílias e o que não falta nesses locais é entretenimento para crianças, adolescentes e adultos.

Eles contam com day care (para crianças pequenas), recreação para crianças (na piscina, na praia, sala de jogos), locais só para adultos (restaurantes, bares, e áreas), cinemas ao ar livre, balada, ginástica, spa, diferentes tipos de restaurantes e tudo de bom que um resort incrível pode oferecer.

O Hyatt Ziva foi eleito o melhor por ser um imenso complexo que forma um resort com mais de 10 opções de restaurantes, bares, lanchonetes e até loja de doces – uma perdição para crianças -, atividades de manhã, tarde e noite; áreas só para adultos, piscinas incríveis e imensas, mar calminho, uma segurança fantástica e quartos luxuosos e maravilhosos. Ele é simplesmente aquele encanto de hotel, sabe?

Águas que mais parecem piscinas, para os baixinhos: até o km 7 da zona hoteleira o mar de Cancún é muito mais calmo e a água parece uma piscina. Um hotel que tem uma praia fantástica pra ir com os pequenos é o Dreams Sands, Ele é também um resort 5 estrelas, all inclusive, com diversos restaurantes, piscinas e área pra crianças, além de recreação e atividades na piscina. É incrível.

Planejando sua viagem com a família: 8 dicas infalíveis

Planejamento é imprescindível para uma viagem em família, afinal, não se trata só de você. E ao decidir viajar para Cancún, algumas dicas são importantíssimas para que tudo saia perfeito. Segue algumas:

Dica 1. Documentos em dia: Se os documentos não estiverem em dia, a viagem não acontece. Cancún não é um local que exige visto, então apenas o passaporte de toda a família – independente da idade dos pequenos – é necessário. Sem passaporte, a viagem não acontece. Pode parecer besteira, mas essa dica é válida porque já tivemos casos que os passaportes não estavam válidos ou nem se quer a pessoa tinha passaporte.

Dica 2. A escolha do hotel: Inúmeros fatores influenciam na escolha do hotel ideal: se tem cozinha no apartamento, se a praia é calma, se tem piscina e área para curtir com crianças e adolescentes, se tem recreação, se a comida é boa e variada, entre outros. É importante pesquisar bastante para não cair numa cilada e conseguir aliar o descanso ao entretenimento nas férias. Pode parecer besteira, mas quando se trata de viajar com família, onde tem pessoas com perfis e idades diferentes, é de suma importância um local adequado porque senão toda a viagem vai por água abaixo.

Dica 3. Vôos com escalas inteligentes: principalmente se a viagem é com bebês ou crianças pequenas. É simples: viajar a noite é uma opção ideal se a sua criança dorme bem a noite toda porque ela vai dormir ao invés de ficar agitada e chegará ao destino menos cansada e irritada. Se a criança não dorme bem ou não dorme bem em aviões, sugerimos viagens diurnas com escalas rápidas no meio do dia. Por exemplo começar a viagem de manhã bem cedo e ter uma pausa de pra trocar de avião pode distrair a criança… Caminhar e mudar de ambiente. Pode ser mais cansativo para adultos, mas distrai a criança e ai o próximo vôo fica mais fácil.

E uma estratégia pra quem tem mais tempo, mais dinheiro e mais ânimo é dormir na cidade de conexão pegando escalas mais largas. Muita gente gosta dessa opção e tem cias aéreas como LATAM e AVIANCA que tem escalas em Lima, por exemplo, de mais de 10 horas. Ai o esquema é sair do aeroporto, pegar um hotel próximo e
mais em conta, descansar e no dia seguinte um vôo de menos de 5 horas espera por você. Acreditem, essa opção funciona!

Dica 4. Um roteiro bem bolado: pense que viajar e sair da rotina requer adaptação por parte de todos e nem sempre é fácil. Então planeje roteiros que estejam de fácil adaptação para você e sua família e pense sempre que com criança pequena é imprescindível ter alguns dias de descanso intercalando os passeios, porque praia e calor cansa e muito. E ai voltamos na dica 2, onde a escolha do hotel é importante para que nesses dias o hotel seja confortável a ponto de dar momentos de descanso propícios para você e sua família e também tenha atividades que distraia as crianças para que elas não fiquem entediadas.

Pense sempre duas vezes antes de escolher o hotel e não economize tanto. Já pensou ficar em um hotel sem praia, sem piscina legal, sem atividades legais e o seu filho reclamando e sem atividades pra ele?

Dica 5. Seguro viagem é ainda mais importante: essa dica não é só para quem viaja em família, na realidade, é para qualquer viajante. Mas partimos do princípio que um pai e uma mãe são responsáveis por eles mesmos e pelos filhos também, então a responsabilidade duplica, triplica, ou enfim… Então não esqueçam, e não deixem sob nenhuma hipótese, de fazer o seguro viagem. Hospitais em Cancún são caros, principalmente para turistas, e qualquer alergia ou intoxicação alimentar passa de 200, 300 dólares para ter assistência médica, já pensou? E intoxicação alimentar é mais comum do que muitos pensam..

Dica 6. Alimentação pensando nos pequenos: comida mexicana já é difícil para alguns adultos, para crianças então… piorou. E para crianças que quase não comem em casa? Mais difícil ainda.  Escolher um lugar com cozinha para poder fazer um café da manhã com que seus filhos estejam habituados, ir a passeios sempre com lanchinhos que eles comam caso não gostem do tempero do parque e mesmo na escolha de restaurante, sigam sempre as dicas ou perguntem a um de nossos assessores onde tem restaurantes mais apropriados pra ir com criança.

E muito importante, avisar aos garçons que o prato é ‘’para los niños’’ e que não é pra por pimenta!

Aquela paradinha em um supermercado da região para ter sempre na bolsa algo de agrado dos pequenos e também hidratar eles bastante porque a região é quente, a água até do chuveiro é bem salgada e existem casos de desidratação.

Dica 7. Não deixe de conhecer o centrinho da Zona hoteleira: a Coco Bongo e os arredores, mesmo que esteja com crianças. Sabemos que as vezes o intuito não é badalação, mas é muito bacana tirar uma noite pra conhecer o centrinho e onde tudo acontece. E uma parada pra jantar no Carlos n charles que é um ambiente familiar, tem musica e muita animação. E não caia na cilada de tirar fotos com os máscaras, porque eles cobram – e caro – depois, hein?

Dica 8. Calcule muito bem o seu tempo: uma viagem internacional já é cansativa por si só, uma viagem internacional com crianças, adolescentes e outros membros da família pode ser ainda mais:  já pensou? Horas de avião tendo que cuidar de você e de mais 1 (ou 2,3,), pausas nos passeios para lanchinho, troca de fralda, soneca,
criança irritada e adolescente de bode ou seja, calcular mal os dias pode ser cilada.

Não vá para ficar menos que 7 dias, porque a ida e a volta já são dias perdidos, ou seja, 5 dias completos pra dar tempo de fazer pelo menos uns 2, 3 passeios e ainda ter 1 ou 2 dias de descanso no hotel. Calcule bem o tempo, a viagem já tá paga, o que é mais um dia de hospedagem para um proveito melhor e para evitar a exaustão?

Cancún com crianças, o que fazer?

Viajar com os filhos pode não ser uma tarefa tão simples. As vezes é bem difícil saber o que se passa na cabeça de nossas crianças e ter uma programação completa faz com que a viagem seja agradável e os distraia bastante para aquele tempo em família que todos nós queremos.

Segue aqui, uma ideia de roteiro bem legal pra ir fazer com crianças:

Dia 1 – Chegada em Cancún e aquela passadinha no Chedraui Selecto: geralmente recomendamos famílias a ir no Walmart quando chegam em Cancún, pra comprar os lanchinhos do dia a dia, itens de higiene e protetor solar biodegradável entre outras coisas. Mas a chegada pode ser um pouco cansativa e apesar de ser em menor variedade, é possível encontrar tudo isso no Selecto Chedraui – um supermercado menor que fica na própria zona hoteleira de Cancún – sendo assim, mais próximo dos hotéis. Obs: caso você esteja no centro, ir no Walmart fica mais fácil.

Dia 2 – Começar com um parque para relaxar: Xelha é um parque aquático bem gostoso para passar em família e nós super recomendamos ele porque além de não ser tão grande quanto o Xcaret – o que significa que não tem necessidade de caminhar tanto e é menos cansativo pra crianças -, ele também é all inclusive. E todos nós sabemos que as crianças têm fome nos horários mais inesperados, então ter um parque com comida e bebida liberada a qualquer hora faz toda a diferença. Além de ser um parque gostoso pra relaxar, pra curtir a água, a natureza e ter muita família por ali.

Dia 3 – Um dia livre pra descansar e a noite aproveitar pra sair pra comer: O Bubba Gump é uma ótima pedida de restaurante para ir com famílias por ter excelentes preços, um menu bem variado alem de contar com menu infantil e uma área de brinquedos para crianças. Então sugerimos, neste dia, ir jantar nele e além de ter uma ótima refeição enquanto seus pequenos brincam, ter a certeza de que os preços são justos e cabem no bolso.

Dia 4 – Dia de conhecer o céu na terra: existem pessoas que acham que por ser longe, Cozumel pode não ser uma boa pedida com crianças. Mas o passeio inteiro distrai muito durante toda a trajetória: ir a Playa del Carmen, pegar o ferry boat enorme até Cozumel e chegar no Playa Mia – ual. Playa mia é um clube de praia que tem uma área infantil incrível e todo mundo ama! As crianças ficam loucas ali. O passeio pode ficar nisso mesmo, ou podem continuar e pegar o catamarã para curtir o El Cielo – que é maravilhoso e vale a pena conferir. Mas neste caso, achamos importante levar em consideração a idade das crianças e se curtem ficar tanto tempo na água e no mar. Talvez para crianças acima de 6 anos vale a pena e crianças menores, melhor ficar pelo Playa mia mesmo.

Dia 5 – Descansar um pouco e curtir a noite em um passeio que encanta a todos: o jantar no navio pirata – crianças, adolescentes e adultos curtem um jantar incrível e com um menu variado e muito gostoso e assistem a um show de uma batalha pirata que termina em musica e muita diversão. Todo mundo ama e é para todas as idades!

Dia 6 – Último dia: Isla Mujeres e Garrafon: além de ter uma vista incrível é aquele típico lugar para comer, beber e relaxar. Tudo que os pais mais querem
quando decidem incluir filhos pequenos na programação. E o Garrafon é tipo isso: um paraíso com uma vista incrível e muita tranquilidade para as famílias.

E ai, gostaram do roteiro que preparamos para fazer em família com crianças?

Cancún com adolescentes, o que fazer?

Viajar com os filhos pode não ser uma tarefa tão simples. As vezes é bem difícil saber o que se passa na cabeça de nossos adolescentes e ter uma programação completa faz com que a viagem seja agradável e os distraia bastante para aquele tempo em família que todos nós queremos. Segue aqui, uma ideia de roteiro bem legal pra ir fazer com adolescentes:

Dia 1 – Chegada em Cancún e aquela passadinha no Walmart: chegou em Cancún e quer aproveitar pra comprar uns snacks para o dia a dia, produtos de higiene e já dar uma pesquisa em preços de lembrancinhas mexicanas? Vá para o Walmart. Muita gente nem traz itens de higiene do Brasil porque Cancún é barato, então aproveite e vá para o Walmart. A ida ao centro de Cancún em família pode ser divertida e mostrar ‘’o outro lado’’ da cidade e da cultura mexicana. A noite, vá para o Sr Frogs e já comece com comida gostosa e muita animação – os adolescentes piram lá porque parece uma balada.

Dia 2 – Começar com um parque incrível: Adolescente ama aventura, então nós recomendamos já começar surpreendendo no parque Xplor – é o parque com o maior circuito de tirolesas das Américas, passeios de 4×4 e nas cavernas. Caso seu filho não seja muito fã de aventura, troque o XPLOR pelo parque XCARET e curta uma das inúmeras atividades que o local oferece.

Dia 3 – Um pouco de cultura, mas nem tanto… Já que Chichen Itza é um show de história mexicana mas pode ser um pouco cansativo para seus filhos, sugerimos o passeio de Tulum, Cenote dos Ojos e Playa del Carmen – é um passeio que tem um pouco da história mexicana, mas também tem os cenotes (que são cavernas fechadas, semiabertas ou totalmente abertas) e que só tem no México. Qualquer um ama, e os adolescentes amam também. Termine o dia passeando pelas ruas de Playa del Carmen, que são bem animadas, movimentadas: vários barzinhos, lojinhas e restaurantes.

Dia 4 – Dia de conhecer o céu na terra: O passeio de Cozumel El Cielo encanta qualquer um, e não é diferente com os adolescentes: várias estrelas do mar em um banco de área no meio do oceano. Precisamos dizer mais?

Dia 5 – Descansar um pouco e curtir a noite: Dia de passear no shopping, os adolescentes amam umas comprinhas. À noite, sugerimos jantar no Carlos n Charles que tem muita animação, musica, dança e parece uma balada em pleno restaurante.

Dia 6 – Último dia: que tal terminar com um mix de passeios incriveis? Pois bem: começando pela manhã com o Jungle Tour – passeio que você dirige uma lancha – sim, você mesmo – e pára em alto mar pra fazer snorkel. Depois uma paradinha pra almoço e continua no clima aventureiro de ir fazer o parasailing, bem rapidinho, são apenas 15 minutos à quase 100m de altura vendo toda a costa de Cancún e aquele mar turquesa lá de cima – literalmente. Ir pro hotel, se arrumar, e a noite: show noturno no Navio pirata que acaba com musica divertida e muita curtição.

E ai, gostaram do roteiro que preparamos para fazer seus filhos adolescentes?

Onde comer em familia em Cancún?

O jantar em família pode facilmente ser arruinado se a escolha do ambiente não está de acordo com o perfil de quem te acompanha na viagem: ir a um restaurante luxuoso com criança pequena que quer correr pra lá e pra cá? Levar adolescentes em um lugar calmo e quieto onde só tem gente mais velha? Certamente não são boas escolhas.

Fizemos aqui uma seleção de restaurantes legais em Cancún a preços bem interessantes pra ir em família – agora só falta você fuçar o menu, ver os preços e o que te agrada mais e claro, dar seu Feedback pra gente do que achou desse post.

Bubba Gump:

Sem dúvidas foi eleito ao melhor restaurante para ir com crianças simplesmente porque ele tem os 3 fatores que consideramos mais importantes: bom preço, menu variado e menu infantil e play área – é um dos poucos restaurantes, senão um dos únicos, da Zona Hoteleira de Cancún, que tem área de brinquedo para crianças (e uma área bem legal, diga-se de passagem…).

O Bubbagump é famoso por seus pratos com camarão: camarão empanado, frito, ao coco, gratinado, tudo de camarão. Mas também tem pratos pra quem não é tão fã de frutos do mar: carnes e frango tem de monte em seu cardápio. Para melhorar, os preços são ótimos (pratos na média de 12 dólares e entradas na média de 8 a 15 dólares que dá facilmente pra ser dividas em 4 pessoas).

O menu infantil é bem servido e tem variedades de frango, macarrão e filet de peixe. O ambiente do restaurante é bem descontraído e super recomendamos, os pratos são bem gostosos!

restaurantes-em-cancun17

Mocambo:

Se a ideia é curtir uma praia e almoçar com uma vista maravilhosa, o Mocambo é definitivamente algo legal. O Mocambo fica de frente para a Playa Caracol, que e uma praia publica incrível pra ir com crianças e adolescentes porque quase não tem onda, o mar é calminho igual piscina e dá mais segurança para os pais deixarem seus filhos brincando na água. E na pausa, o legal é ir no Mocambo pra comer aqueles frutos do mar que a gente tanto ama. Mas pra quem não come frutos do mar, tem opções de macarrão e carnes também. Os pratos são em conta, em média 15 a 25 dólares – tirando lagosta que sempre é mais cara…

Carlos n Charles e Sr Frogs

Se a vinda á Cancún é com adolescentes temos grandes dicas. Adolescentes querem agito, querem badala mas infelizmente as baladas de Cancún não permitem menores de idade, então a saída é: leve-os a um ambiente descontraído, animado, com dança e música alta: Carlos n Charles e Sr Frogs – os queridinhos de Cancún.

Os menus são muitos parecidos só que o Carlos n Charles tem mais variedade e mais da cozinha internacional enquanto o Frogs é mais mexicano e americanizado.

Os pratos são bem baratos, dá pra comer com 12 dólares e dá pra dividir pratos de 20 a 25 dólares. E o melhor: sendo cliente Tio Nenê Tours, nós te damos o ‘’PAGUE 1 GANHE 1’’ no qual uma pessoa paga 1 prato e a outra ganha outro prato totalmente free, não é demais? Todos os dias tem musica alta, animação e os garçons são super animados e amam brasileiros! Não se assuste se um garçom chamar você para dançar, é normal por lá…

24611298

La Madonna:

Tá no meio das compras no shopping la Isla e bateu a fome? De pratos excelentes tem o italiano LA MADONNA. Nós amamos esse restaurante porque os pratos são realmente bons, ele é pouco conhecido pelos turistas brasileiros e os preços são ótimos – pratos a partir de 15 dólares e em média 20 dólares. Ele fica localizado no shopping então é uma ótima pedida em meio as compras em família.

LaMadonnaInt

VIPS:

Sabe aquele café da manhã rápido e barato? Ou mesmo almoço e janta? É no VIPS… É muito barato mesmo, com uma média de 7,8 dólares você come. A comida é bem típica mexicana, mas é bem gostosa. E tem por todos os lados: no centro, na zona hoteleira, tem VIPS por toda Cancún. No VIPS do centro também tem play área então super recomendamos.

12145391_1655343074726460_1854284243_n

O que levar para Cancún: preparando a mala – Dicas Infalíveis

Viajar é uma delicia e não existe nada melhor do que estar em um local e sentir que trouxe as roupas e acessórios apropriados pra curtir a viagem sem stress e sem incômodo. E com Cancún não é diferente: há dúvidas sobre o clima – se chove, se venta, se faz frio, sobre o estilo das pessoas e até mesmo a programação da sua viagem para Cancún e região pode influenciar na escolha da vestimenta, acessórios e cosméticos a levar na viagem.

É importante levar todos os fatores acima em consideração e claro, alinhar com o que faz você, viajante, se sentir bem.

O lado bom de viajar pra Cancún é que cada um se veste de um jeito, e por ser um local muito turístico, as pessoas não costumam ficar apontando o dedo ou julgando o jeito de se vestir do vizinho. É um lugar livre, praiano e se vestir como você se sente bem é definitivamente o segredo para se dar bem na sua viagem à Cancún.

Preparamos algumas dicas do que levar na mala levando em consideração os fatores importantes como: clima, estilo e programação ou perfil do viajante. Vamos lá?!

A mala de mão é muito importante:

Muita gente se pergunta: ‘’pra que levar mala de mão? Só vai me atrapalhar no caminho.’’ Ou ‘’nada melhor do que viajar de mãos livres’’. Pois bem, ja parou pra pensar nas consequências de uma conexão perdida? Um avião com pane e você sem acesso às suas bagagens? Ou mesmo – e ainda pior – você já teve uma mala extraviada?! Acho que qualquer mala pequena de mão faz a gente esquecer do aborrecimento maior que é não ter acesso aos seus objetos pessoais e ainda ter a dor de cabeça e gastos maiores de ter que comprar algum item em uma viagem.

Nossa primeira dica certamente vai ser: leve uma mala de mão com itens que considera importante caso tenha alguma situação inusitada. Por exemplo:

– Alguns itens de higiene como: escova de dentes, pasta de dentes, caixinha para lentes de contato (caso você use), shampoo a seco, hidratante labial (dicas para quem quer se manter hidratado porque nos vôos a pele e os lábios tende a ficar bem seca), e ate mesmo um sabote e um shampoo tamanho mini. É importante pensar, ao escolher itens de higiene, que: nenhuma bagagem de mão pode ter itens com mais de 100ml de líquido, então, leve tudo em miniatura e tenha certeza que não ultrapassa os 100ml exigidos pelas companhias aéreas.

– Levar jóias e acessórios na mala de mão também é sempre uma boa ideia: já pensou ter objetos de valor roubados na bagagem despachada? Assim como tudo que é pequeno e de marca: bolsas, acessórios, computador, câmera profissional, etc.

– Levar umas 2,3 trocas de roupa que combinem com o estilo do local e que possam ser usadas nos primeiros dias da sua viagem: mala extraviada e você tem passeio no dia seguinte – já pensou? Então por que não verificar sua programação nos primeiros dias, separar as roupas adequadas para isso e já deixar na mala de
mão?

Lembre-se: mala extraviada pode demorar até 3 dias pra chegar no seu hotel (na pior das hipóteses ela não chega, mas dificilmente – MESMO – isso acontece. Na maioria das vezes a mala chega no dia seguinte no hotel de vocês).

– Um sapato mais arrumadinho e outro mais para o dia a dia: no caso de Cancún, um chinelo e uma sandália (pode ser rasteirinha mesmo) para aproveitar passeios e uma voltinha no centrinho à noite.

Ideia de mala para 7 dias em Cancún:

Homem:

– 3 bermudas ou sungas

– 10 cuecas

– 5 shorts

– 10 camisetas ou regatas

– 3 camisetas mais arrumadas para a noite, ou camisa pólo

– 2 bermudas mais arrumadinhas

– 2 calças jeans

– 1 par de chinelos

– 1 sapato confortável para sair à noite

– Óculos de sol

– Chapéu de praia

Mulher:

– 10 calcinhas

– 5 sutiãs

– 3 conjuntos de biquíni

– 3 shorts de dia a dia

– 7 camisetas ou tops de dia a dia

– 2 shorts ou saias mais arrumadinhos pra noite

– 4 tops mais arrumadinhos pra noite

– 3 saídas de praia (vestido, batas longas, etc)

– 4 vestidos

– 1 par de chinelos

– 1 rasteirinha

– 1 sandália com salto baixo (aqui quase ninguém usa salto à noite, muito pelo contrário, tem gente que vai de chinelo na balada. Caso você realmente sinta necessidade, pode trazer salto, mas caso queira, não tem problema ir pra balada bem à vontade).

– Oculos de sol

– Chapéu de praia

Dicas legais:

Existem hoje, muitos maiôs mais arrumadinhos perfeitos para aquela Beach party ou aquele clube de praia animado. Por exemplo, no Mandala Beach (beach party de Cancún), as meninas se vestem muito assim: maiô com cortes diferentes, shorts
jeans ou branquinho e chinelo. Então pra quem quer uma mala ainda mais compacta, pode apostar nos bodies ou nos maiôs mais arrumadinhas que dá pra usar tanto na praia quanto em um clube ou até mesmo a noite, na balada. Acreditem: Cancún é muito tranquilo em relação à vestimenta. Playa del Carmen, mais ainda.

Dicas valiosas para a mulherada:

– Talvez você, viajante, nunca tenha ouvido falar mas: a água de Cancún é terrível para nossa pele e cabelo (para a dos homens também, mas quem mais sente são as mulheres sem duvidas) então muitas vezes precisamos tomar medidas importantes para não ter stress na viagem: cremes hidratantes para corpo, mão e lábio e muita máscara reconstrutora e leave in para proteger os fios dos cabelos (faremos posts mais específicos com dicas de produtos pra comprar mas é sempre bom ver o seu tipo de pele e de cabelo e falar com um profissional da área para te ajudar na escolha).

– Água termal para o rosto e corpo e muita muita e muita água para hidratar bastante: o mar de Cancún é muito salgado, a temperatura é elevada e a água do chuveiro também tem sal – haja água para hidratas nosso corpo da maneira que ele precisa, não é mesmo?

– Maquiagem leve: tudo derrete. Sabe aquela base que quase não cobre? Ou aquele pó com proteção solar que você nunca usa? Chegou a hora de usar! Deixe de lado as bases e corretivos pesados que fazem a sua make poderosa na hora de ir pra balada, e introduza um novo estilo pra você mesma: ao natural. O clima de Cancún é extremamente úmido. Você sai do chuveiro e de repente já está úmida e suada, então desencanem das maquiagens poderosas.

Outras dicas importantes:

– Não esqueça de levar bastante protetor solar porque o calor e o sol de Cancún são de outro mundo (mesmo em pleno inverno faz muito sol e calor na maioria dos dias). O protetor solar, para a maioria dos passeios e para nadar no mar, deve ser biodegradável, já falamos da importância do biodegradável aqui: http://www.tionenetours.com.br/protetor-solar/.

Em caso de ir aos cenotes, não usem nenhum tipo de protetor no corpo. Não existe necessidade visto que a maioria é fechado ou semi aberto, e tem bastante sombra nos locais.

A programação também pode interferir na hora de fazer as malas para Cancún:

Dependendo do que você vai fazer ao chegar em Cancún, a sua mala deve ser diferente e mais adequada para tais atividades. A maioria das pessoas vêm à Cancún para relaxar nas praias paradisíacas, fazer snorkel nos arrecifes de coral, passear pela Quinta Avenida de Playa del Carmen ou descobrir a cultura maia nos passeios turísticos, como Tulum e Chichen Itza. E claro, sem esquecer da vida noturno super agitada e das baladas Coco Bongo ou do grupo Mandala.

Mesmo juntando toda essa programação em uma única viagem, você não fugir do clima praiano de usar: shortinhos, bodies, rasteirinhas e cabelo ao natural.

Mas é claro, se a ideia é vir em lua de mel e curtir os restaurantes mais sofisticados de Cancún e as baladas VIP de Tulum, você pode ousar nos vestidos longos, com sandálias de salto baixo e grosso. Ousar também nos acessórios para dar aquele ‘’ual” no seu look e também saias longas e roupas de tecidos finos como seda, podem ser uma pedida para ficar ainda mais incrível. Veja que mesmo as festas para publico ‘’selecionado” em Tulum, por exemplo, a vestimenta é bem ‘’roots” e natural. Então, com todo o luxo e glamour que a região pode oferecer, o clima praiano não vai embora nunca! Para os homens, não existe essa obrigação de vestimenta, com calças, sapatos finos e camisas de manga longa, na maioria dos locais. Mas novamente, caso a ideia seja uma viagem mais luxuosa, recomendamos sim, trazer peças mais arrumadas para curtir com muito glamour.

E no frio? O que levar na mala para Cancún?

Muito medo rola ao descobrirmos que estamos indo viajar para a praia em pleno inverno, não é mesmo? Pois bem: Cancún não existe tanto essa de inverno.

Não vamos mentir e dizer que é calorzão 40 graus o ano todo, porque também não é assim: o inverno existe – e ele chega a uns 20 graus em média à noite – pra alguns isso pode ser frio. Durante o dia as temperaturas são mais elevadas e o sol é predominante na maior parte do dia. Ou seja, as mesmas roupas praianas: biquíni, saída, shorts… Sunga, chinelo e shorts e por aí vai…

Mas a noite, para os friorentos de plantão não podemos deixar de recomendar alguns itens que são importantes a serem considerados: calças (pra quem é friorento mas nem tanto, pode apostar nas calças de linho ou de tecidos mais leves, não necessariamente precisa usar um Jeans em pleno Caribe né?), casaquinho leves como cardigãs e suéters e vestidos longos de meia manga ou mesmo vestidos curtos de manga longa. São roupas para aquele meio clima, nem frio nem calor sabe?

Mas por favor, não deixem de conferir a previsão do tempo e sempre perguntar ao seu assessor se está fazendo frio. Já aconteceu de vir frentes frias em Cancún, são rápidas mas existem: 2,3 dias no máximo e a noite venta bastante e pode chegar a uns 17, 18 graus. E isso pode ser incômodo se você só tem vestido e biquíni na sua mala, não é mesmo?

A mala da família: 

Pra quem viaja com pequenos, adolescentes, marido e papagaio a dica legal é: se você vem em família para passear, relaxar e curtir hotel: economize no vestuário, divida a mala com seus familiares e quem sabe, até pode trazer uma mala vazia para comprar lembrancinhas, cosméticos, e tudo que vocês adoram comprar quando viajam (dicas de compras em outros posts….).

Geralmente quem vem com família e criança pequena quer mais é curtir e não tirar do corpo as roupas de banho, então continuem assim.