3-tionenetours-holbox

Holbox

 

Holbox fica à 3 horas e meia de Cancún. Ficou conhecida pela presença do Tubarão Baleia entre Maio e Setembro e por suas praias extensas, pouco povoadas com águas mais que cristalinas e turquesas.

O ambiente de Holbox tem um charme próprio: nada de resorts 5 estrelas e muita badalação. Pelo contrário, a ilha é conhecida pela falta de infraestrutura, uma cidade pequena, povo pacato onde as ruas ainda são de areia e dirigir carrinhos de golfe e bicicletas para explorar a região é o que os viajantes amam fazer.

E as pinturas em murais estão por todos os lados em cores vibrantes e cheios de significados da cultura maia com figuras psicodélicas e frases de efeito. A vila de Holbox é muito tranquila. Ao redor de uma pracinha de ares de interior há alguns
restaurantes e barraquinhas de comida. E nada mais. A ilha é pet friendly, então você vai ver muitos cachorros de raças pelas ruas e estabelecimentos.

Você provavelmente vai se apaixonar pela ilha já na chegada. A balsa vai te deixar em um local simples, o táxi é um carrinho de golfe e irá passar por ruas nada charmosas até chegar a principal avenida da praia: pronto! Você irá cair de amores! Os olhos irão brilhas e o cenário de definição perfeita de paraíso estará à sua frente.

Coisas à fazer em Holbox:

– Nadar com tubarão baleia (se for de Maio a Setembro)
– Ver os flamingos
– Assistir o pôr do sol
– Passeiar ao redor da ilha com carrinhos de golfe
– Caminhar cerca de 1km mar adentro com água na altura da cintura
– Tirar fotos maravilhosas
– Kitesurf

Outro passeio incrivel é conhecer as três ilhas vizinhas de barco: a Bird Island, que abriga mais 140 espécies de aves. Na ilha, tem uma torre onde é possível ver a copa das árvores lotadas de pássaros.

hoteles-boutique-de-mexico-guia-familiar-por-isla-holbox-35ywfbjo9n8dbfy61htds0

– A segunda ilha é a Passion Island, com uma mini praia linda, um observatório e muitos flamingos por perto.

screenshot-20161113-130631_orig

– A ultima é a Yalahau, onde tem um pequeno cenote em meio à muito verde.

A noite em Holbox:

À noite, o programa é andar até a praça (de chileto, as ruas são todas de areia) e escolher algum dos bares e restaurantes cheios de turistas. De sobremesa não deixe de parar em alguma das barquinhas que ficam em volta da praia para comer a famosa marquesa feito na hora, com Nutella e banana.

Festival da Bioluminescência:

A bioluminescência é a emissão de luz fria e visível por organismos vivos. Ela ocorre em variados organismos (bactérias, fungos, algas, celenterados, moluscos, artrópodes, peixes), principalmente no ambiente marinho. No ambiente terrestre ela ocorre em fungos, anelíedeos, moluscos e principalmente nos insetos. Ela serve principalmente para finalidades de comunicação biológica.

A bioluminescência constitui uma das assinaturas da vida. Em Holbox acontece um festival em março para participar e desfrutar deste fenômeno único e incomparável em que a costa do mar está totalmente iluminada devido à produção de luz de certos microrganismos ao bater das ondas. O efeito que isso causa é muitas vezes tão brilhante que você pode até ver o peixe nadar sem problemas.

bio2

Dicas:
– De restaurante: La Casa del Colibri, La Constanza de Rulo.
– Mercado Pool-Box: se você quer comprar frutas e verduras frescas, é aqui mesmo.
– Hotel: Las Nubes

A Ilha:

Tem 40km de extensão e é recomendável alugar a bicicleta ou carrinho de golfe para percorrer a ela de ponta a ponta.

90f7829c3e9868523e5c7849b409f74d
Como Chegar

Há ônibus de segunda classe de Cancun e de Mérida para Chiquilá, onde toma-se o ferry para Holbox.

Onde ficar

Há hotéis e pousadinhas de charme que podem ser reservadas pela internet. Eu fiquei no Hostel La Tribu bem pertinho da praia, e recomendo. Além de lindo, tem um bar que às vezes é a única opção de vida noturna na cidade. Tem uma cozinha bacana para ajudar a driblar um pouco dos preços dos restaurantes locais.

O que fazer

Além do Dolce far Niente, você pode alugar bicicleta, um carrinho de golf ou apenas
caminhar para explorar a ilha. Entre maio e setembro nadar com o Tubarão Baleia. Vi
gente fazendo Kite Surf. Há passeio de caiaque e de barco para as ilhas menores ao redor.

Para visitar o banco de areia, vale a pena checar a tábua de mares antes. O pessoal de lá não costuma divulgar, nem parecem saber muito bem o que é isso. A cada dia há dois horários em que o nível da maré chega ao mínimo, e será o melhor horário para a visita.

 

About the author: Tio Nenê Tours