3-tionenetours-dicas

Hospedagem em Cancún

Os mais variados tipos para todos os viajantes!

Uma das maiores dúvidas que viajantes têm ao fechar uma viagem para Cancun é sobre onde ficar. O que é normal, porque existem inúmeras opções e estilos de hospedagem, tornando a decisão ainda mais difícil. Mas ao mesmo tempo, é uma grande vantagem termos um lugar tão buscado pelos turistas e com tantas opções que cabem em todos os bolsos e agradem a todos os perfis.

Primeiro, iremos falar dos tipos de hospedagem

Os resorts All Inclusive:

As hospedagens mais buscadas pelo turista sempre foram os resorts all inclusive. Para quem não sabe, ”all inclusive” significa ‘’tudo incluso’’. Em uma hospedagem dessas, toda a comida e bebida (alcóolica e não alcóolica) está liberada, sem custo adicional na sua diária. Resumindo, você e come e bebe à vontade, a hora que quiser (muitos têm serviço de quarto 24h) e sem precisar gastar além do valor da diária do hotel.

Os resorts all inclusive em Cancún são inúmeros e sempre foram conhecidos pela infra estrutura luxuosa, de frente para a praia, com piscinas incríveis, spas e claro, muita comida. A maioria conta com muitas opções de restaurantes (tem hotéis que chegam a ter cerca de 8 restaurantes dentro do estabelecimento) de diversos tipos de comida: italiana, oriental, internacional, mediterrâneo, bistrô francês além de bares e confeitarias para quem quer uma comidinha mais rápida durante uma refeição e outra.

A maioria deles também disponibiliza um bar próximo a piscina, dando aquela sensação de ”estar no caribe de verdade’’. Enquanto você toma sol e curte um dia de praia (ou de piscina) são servidos drinks e petiscos para você aproveitar ainda mais. Não é uma delícia?

All Inclusive nem sempre é a ação ideal!

Por muito tempo, vir para Cancún era sinônimo de ficar em um all inclusive. Porém hoje a história mudou!

Os turistas passaram a se interessar mais pela programação local, pela cultura, pelos passeios e querer explorar mais a região porque viram que aqui existem muitas opções legais de passeios, e a maioria é distante e toma o dia todo fora do hotel. Sendo assim, não compensa gastar com o luxuoso ‘’all inclusive’’ e sim, buscar uma opção mais ecônomica para poder aproveitar e explorar tudo que Cancún e região oferece.

Outro motivo, é que antes não existia muita opção além dos resorts, e hoje em dia tem opções super econômicas: como hostels e airbnb’s no centro da cidade e até opções tão bacanas (em termos de estrutura, decoração e atendimento também) como os hotéis boutique – que não são ‘’all inclusive’’ mas te dão muito conforto também.

Por outro lado…

Ao mesmo tempo que a procura pelos resorts diminui, surgiu a opção de ficar hospedado nestes resorts sem pagar o regime de pensão completo (all inclusive). Falando em dinheiro, pode compensar porque como a comida e bebida é liberada, os valores incluindo a pensão completa, obviamente, ficam bem mais caros na diária. Por exemplo, um hotel que tem a opção com e sem all inclusive é o hotel da rede Krystal, o Krystal Cancún. Se formos falar em economia, uma diária sem pensão completa custa cerca de 80 a 100 dolares mais em conta que uma diária com pensão completa, por pessoa. Se um casal deseja ficar 1 semana neste hotel, mesmo que em baixa temporada, e decide não pegar o all inclusive eles irão economizar cerca de 1.260,00 dólares na sua estadia de uma semana.

Hotel Krystal Cancún

Hotel Krystal Cancún

Mas nem sempre é assim, existem promoções que os hotéis lançam, em que o regime completo sai tão barato quanto (ou quase tão barato) o regime somente café da manhã. Por isso, muitas pessoas aproveitam a chance de ficar em um desses resorts por um preço justo.

Então muita gente que antes jamais pensaria em pegar um resort all inclusive porque antes os valores eram simplesmente altos e inacessíveis para muitos viajantes, hoje já encontram uma possibilidade de se hospedar nesses locais porque existem opções de resorts mais econômicos.

O que diferencia um resort all inclusive do outro…

Cancún tem infinitas possibilidades de resorts. O que diferencia um do outro é simplesmente o que diferencia um hotel de luxo, de um hotel moderado para um hotel econômico: a infra esturutra, o atendimento, a organização e claro, a comida!!!!

Muita gente pensa que ficar em um resort que inclui comida e bebida a preços super baixos é sinônimo de economia. Porém, muitos desses mesmos viajantes, são os que reclamam da comida desses resorts de categoria inferior aos resorts caros.

Sendo assim, é muito importante avaliar e colocar numa balança o que é prioridade pra você. Se a sua prioridade é economizar em estadia e ao mesmo tempo, você gosta de comer bem, provavelmente ficar em um resort super economico, mesmo que all inclusive, não seja a opção ideal para você. É mais do que comum turistas que chegam por aqui, não gostam da comida de alguns hotéis mais econômicos, e acabam indo comer fora, o que resulta em uma ‘’economia nula’’.

Ao mesmo tempo, se você é o típico viajante que busca gastronomia em cada local que conhece, o ideal é ou ficar em um hotel que tenha muitos restaurantes renomados ou ficar em um local sem pensão completa para que você possa conhecer os restaurantes de Cancún.

Lembrem-se, Cancún dobrou (em termos de estabelecimentos de comida) de quatro anos pra cá, e hoje contamos com muitos restaurantes incríveis, de chefs renomados e de comida impecável. Daqueles que impressiona os paladares mais exigentes! (Falaremos disso em um próximo post…).

Resorts, hotéis e hotéis boutique da Zona hoteleira:

Faremos uma lista dos mais conhecidos e concorridos entre os brasileiros que vem à Cancún, e em um post futuro, falaremos mais sobre eles, fazendo comparações.

Os resorts da zona hoteleira mais conhecidos são: Krystal Cancún, Caro: Hyatt Ziva, Secrets the Vine, Le blanc, JW Marriot, Nizuc, Ritz Carlton, Hardrock, Live Aqua, Riu Palace, Iberostar, Fiesta Americana Coral Beach, etc Moderado:, Krystal Grand Punta, Grand Park Royal, Riu Cancún, Sandos Luxury, Crown Paradise, Panama Jack, Dreams Sands, Fiesta Americana Condessa, Riu Caribe, etc Economico: Emporio, Krystal Cancún, Flamingo, Nyx, Aloft (esses dois últimos estão mais pra hotel boutique do que pra resort), Omni, etc

JW Marriot Cancún

JW Marriot Cancún

Hotel Riu Palace Cancún

Hotel Riu Palace Cancún

Levem em consideração que os caros, estão (em nossa lista!!) na categoria dos luxuosos, e os moderados na categoria de hotéis que são caros em determinadas épocas do ano, com uma ótima infra-estrutura mas que, em determinadas épocas têm promoções e os preços são acessíveis.

Hotel Iberostar Cancún

Hotel Iberostar Cancún

Melhor localização na zona hoteleira:

Onde as praias são melhores?

Mapa zona hoteleira de Cancún

Mapa zona hoteleira de Cancún

Quem conhece as praias do km 8 e 9, onde ficam a rede de hotéis Krystal e Riu, próximo a Coco Bongo, sabe que eles são conhecidos por ter um mar que mais parece uma piscina. Porém, nem sempre isso é regra. Existem épocas do ano que o mar fica agitado em todos os lugares de Cancún e alguns poucos, continua calmo (como no Dreams Sands ou mesmo Fiesta Americana Coral Beach, e Hyatt Ziva…).

Porém, existe um mapa que ajuda as pessoas a entenderem melhor como é o mar em cada altura da zona hoteleira (mais uma vez, não levem como regra porque existem épocas que o mar está 100% agitado ou quase 100% calmo!). Resumindo do km 0 (início da Zona hoteleira pelo centro) até o km 9 aproximadamente (onde fica a Coco Bongo), o mar é calmo, enquanto na parte extensa e vertical do 7, o mar é mais agitado (e na minha opinião, mais azul e mais bonito).

HOTEIS CANCUN - EXPLICANDO SOBRE O MAR

Dividindo a estadia:

Para o turista que quer vivenciar os dois lados:

E se você é o tipo do turista que não abre mão de conhecer a região, os passeios, restaurantes, mas quer ter ‘’dias de rei’’ ou ‘’dias de rainha’’ aproveitando o all inclusive? Para muitos a resposta é óbvio: dividir a estadia. E é o que quase 70% dos turistas têm feito hoje em dia.

Nos primeiros dias, a maioria fica em hotéis simples, no centro da cidade, ou até mesmo Airbnb’s enquanto curte os passeios e só vai pro hotel mesmo para dormir e no final da estadia, curte alguns dias nos resorts 5 estrelas para descansar e voltar renovado pra casa. Nada mal, não é mesmo?

Há quem prefira ficar os primeiros dias em Playa del Carmen – porque é mais próxima aos parques e centos (não necessariamente de todos os passeios!!) e nos últimos dias vem à Cancún curtir os resorts, ou Riviera Maya (entre Cancún, Playa e Tulum – são resorts que ficam na entrada e tem as praias super privadas e complexos gigantes, quase uma cidade dentro. Exemplos: Moon Palace, Bahia Principe, Hardrock Riviera Maya, Vidante, etc)

O Centro de Cancún: Airbnb, hotéis econômicos e Hostels:

Pra quem realmente quer economizar…

Viajantes que vêm à Cancún focados em apenas em vivenciar cada momento e voltar pro hotel só na hora de dormir geralmente não buscam por opções luxuosas, nem com infra estrutura impecável muito menos all inclusive. Esse perfil de turista quer mesmo economizar.

Tem também as pessoas que decidem a viagem de última hora e vem com o orçamento apertado, portanto, economizar na hospedagem é a primeira opção pra não ter que abrir mão dos passeios que o paraíso tem a oferece.

Neste caso existem algumas opções bacanas que substituem os hotéis e até mesmo a zona hoteleira. Mas prestem atenção pra não cair em uma cilada porque localização pode não ser tudo mas é um fator importantíssimo quando trata-se de um país desconhecido (mesmo sendo uma cidade considerada segura, Cancún tem partes perigosas, sim, nas quais os turistas não devem acessar!).

As hospedagens no centro:

É comum turistas virem nos perguntar sobre onde ficar no centro de Cancún porque querem algo mais em conta.

Ficar no centro tem suas vantagens também! É legal pra quem quer conhecer a verdadeira Cancún, pra quem vem em família e quer alugar uma casa ou apartamento confortável (principalmente com crianças pequenas), pra quem vai ficar muito tempo em Cancún e mesmo para os mochileiros de plantão que quanto menos pagar, melhor!

O centro não é um lugar ruim de ficar, e tem coisas bacanas pra conhecer como Walmart, Mercado 28, o Shopping las Américas, a panificadora francesa Antoinette (pouco conhecida por turistas, mas quem conhece, adora!), o restaurante estilo churrascaria brasileira Mr Pampas e mesmo o Bovinos (mais caro e fino), e os barzinhos do Plaza del Toro super baratos e agitados de final de semana, perfeito pra quem quer curtir a típica noite local.

Porém, ficar no centro é sinônimo, também, de ter certos cuidados com o local escolhido. Especialmente tratando-se de AIRBNB, é comum ver nas descrições ‘’super próximo á praia’’ e na realidade, ser do lado oposto à zona hoteleira ou a qualquer praia em Cancún.

Prestar atenção na localização é importante quando se trata de centro: Por isso, vamos dar uma dica muito importante pra ajudar na escolha dos locais que vocês irão se hospedar no centro. Olhem o mapa abaixo:

MAPA CENTRO DE CANCUN

Vejam que, chegando da zona hoteleira, existem duas Avenidas principais paralelas, que cortam, a Avenida Bonampak e Avenida Tulum. Indo pro lado direito, tem o shopping las Américas, o hotel Ibis, a churrascaria Mr Pampas…

Resumindo, essa é a região que você deve se hospedar.

Fuja de lugares afastados como a saída de Cancún (próximo ao aeroporto) a não ser que alugue carro – porque lá tem condomínios incríveis, com casas com piscinas, de 3 suites, super luxuosas a preços super em conta! Porém, é longe pra quem está a pé e nunca passa táxi. Sem contar que pra andar da casa até a portaria do condomínio já é uma boa caminhada!

Próximo a panificadora Antoinette, onde tem a Avenida Nichupté é um ótimo local residencial, calmo, seguro e com casas e apartamentos bons e baratos para alugar no Airbnb.

O nosso local favorito para AIRBNB é o Malecon las América, literalmente em cima do shopping Las Americas, são prédios modernos, com piscina, academia (e o elevador desce dentro do shopping praticamente!), super próximo a zona hoteleira em local seguro e cheio de supermercados, bares, restaurantes baratos (daremos dicas desses locais aqui em outros posts) e além de claro, o Shopping Las Americas!

Hotéis como Ibis, Krystal Urban (da mesma rede Krystal de hotéis, só que econômico), OneHotel Cancún, são super bem localizados e econômicos. A rede Oasis de hotel também tem o OasisSmart que fica no centro, na Avenida Tulum.

Quanto aos hostels…

Para mochileiros, jovens ou pra quem viaja sozinhos ou em grupos de amigos e a ideia é conhecer gente, existem vários hostels pelo centro da cidade mas novamente, estão espalhados e nem sempre em boas regiões. Nós aconselhamos a optarem por hostels da Zona hoteleira, (o Sr frogs abriu o próprio hostel bem no miolo das baladas), ou mesmo no Hostel Natura também ali no miolo. E se a ideia é centro, um dos mais procurados é o Hostel Quetzal.

Resumindo…

A escolha do tipo de hospedagem vai de acordo com seu bolso, perfil, tempo de estadia, programação e claro, das pessoas que viajam com você. Tome em consideração cada um destes detalhes para que a sua viagem seja proveitosa e que você faça as escolhas certas.

E ai, que tipo de viajante você é e qual tipo de hospedagem você escolheria? Conta pra gente!

Observação: Faremos outro posts mencionando melhor os resorts e suas características. Esse post foi apenas uma introdução para ajudar vocês a escolherem os tipos de hospedagem de acordo com perfil, entre outros fatores. Fiquem ligados!

 

 

 

About the author: Tio Nenê Tours